Como Calcular a Quantidade de Tomadas por Comodo

Um projeto elétrico residencial requer mais do que formação técnica, demanda experiência e credibilidade, afinal toda uma família estará utilizando de algo sob sua responsabilidade, dessa forma fazer o serviço com sabedoria, precisão e padrão de qualidade é muito importante, tanto para segurança quanto para o conforto.

Dessa maneira vamos abordar nesse artigo o tópico sobre as tomadas e como dimensiona-las em uma residência. Aqui falaremos como calcular e como de maneira segura e dentro das normas realizar a instalação com plena confiança de entregar um serviço de qualidade e profissional.

Iremos assim levantar os pontos para as tomadas de uso geral conhecidas como TUG e tomadas de uso especifico que são as TUE. Vamos entender os pontos importantes a serem considerados na instalação e quantidade mínima que deve ser instalada em cada cômodo e residência.

Diferenças e pontos importantes para uma tomada.

Já podemos perceber que existem dois tipos de tomadas para uso em residências, esses dois grupos as gerais e as especificas possuem ainda algumas variações dentro de suas classificações, principalmente quando falamos das tomadas de uso específicos, essas quando em nível industrial possuem mais classificações para cada uso que terão.

Traduzindo a NBR5410 norma brasileira que aborda as instalações elétricas em baixa tensão, as tomadas de uso geral (TUG) são aquelas que irão conectar equipamentos moveis ou portáteis comuns, como são os casos de televisores, aspiradores de pó, luminárias, etc.

Já as tomadas especificas (TUE) são destinadas à alimentação de aparelhos que possuem uma potência maior, um trabalho de força eletromotriz, como são os casos de chuveiros, microondas, e claro o aparelho de ar condicionado.

Condições técnicas para instalação das tomadas

Independente da categoria da tomada que está se empregando na residência, deve-se seguir alguns padrões técnicos também contidos na NB5410, sendo assim vamos tratar as condições separadas para melhor entendimento e esclarecimentos:

  • Condições da rede para TUG: Tomadas de uso geral devem ser dimensionadas com 600W no mínimo e caso o cômodo tenha mais que 3 tomadas você deve instalar 3 em 600w e as demais com 100w, bem como locais de pouco equipamento.
  • Condições da rede para TUE: É obrigatório que as tomadas especificas possuam redes separadas das demais tomadas, isso é essencial. Já a potência da tomada deve ser superior ao equipamento que nela será ligado, lembrando que essas tomadas irão receber equipamentos que solicitam corrente superior ou igual a 10 amperes.

Lembrando que ambos os circuito elétricos instalados devem possuir um aterramento próprio, ou seja, fazer o aterramento do quadro de distribuição.

Determinando as quantidades de tomadas

Além de estabelecer um padrão da rede elétrica existe ainda as quantidades mínimas que cada local ira necessitar. É recomendado, ou seja, não é regra, que após executar os cálculos de cada local e obter o número mínimo de tomadas que faça a instalação de uma quantidade maior que a calculada, isso deve-se para evitar o uso de benjamins, “T’s”, réguas e etc. Confira abaixo como deve-se efetuar os cálculos:

  • Locais com área ≤ 6m²: Ao menos 1 tomada;
  • Locais com área > 6m²: 1 tomada a cada 5m ou fração do perímetro, com tomadas bem espaçadas e uniformemente de acordo com o projeto;
  • Cozinhas, copas, e áreas de serviço: 1 tomada a cada 3,5m ou perímetro fracionado, lembrando que deve-se haver ao menos 1 TUG em cima de cada pia;
  • Subsolos, varandas e garagens: 1 tomada ao menos;
  • Banheiros: 1 tomada ao menos junto ao lavatório e afastada 60cm do box;

Sendo assim o cálculo das tomadas TUG para cada local será feita pelo cálculo:

formula-calcular-tomadas-uso-geral

Ou seja, um local com 6 metro de perímetro que for uma área de serviço terá a seguinte quantidade de tomadas:

calculando-tomadas-uso-geral

Sendo assim essa área de serviços devemos prever ao menos 2 tomadas, ou seja, sempre arredondados os valores para o próximo acima.

como-dimensionar-tomadas

Tabela de dimensionamento de tomadas de uso geral e específico

Por fim, devemos sempre lembrar que as TUE são colocadas de acordo com a necessidade não havendo cálculos para quantidades, mas sim para as potencias ideias de cada tomada. Todo equipamento de ar-condicionado deve ter uma tomada TUE dimensionada. Boas instalações e projetos.

Avalie esta Página

Comentários

comentários

One Response

Deixe um comentário