Importância do CREA Para Técnicos

Um bom profissional qualificado no mercado de trabalho não é somente aquele que faz um belo serviço, mas sim aquele que conhece cada detalhe da profissão que exerce e cumpre todas as regras contidas nela.

Quando falamos do profissional técnico na área da elétrica ou em alguma outra área logo pensamos, um profissional que sabe exatamente como as coisas funcionam na teoria e sabem colocar em pratica o que está no papel, porém muitos de nós meros mortais não nos atentamos as responsabilidades que um profissional técnico possui, pois ele é o grande parceiro de trabalho de um engenheiro.

Mas afinal, um técnico em elétrica precisa de registro no Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia (CREA)? Nesse artigo vamos esclarecer suas dúvidas, vamos ver se o profissional técnico precisa ou não do registro no órgão e qual a importância de ser um profissional credenciado pelo CREA.

Importância do profissional de nível técnico

O profissional de nível técnico é aquele capaz de interpretar de forma coerente e precisa os projetos realizados por engenheiros e orientar a execução do mesmo, muitas das vezes o técnico coloca a mão na massa e executa ele mesmo o projeto, de forma a garantir tecnicamente a execução do serviço.

Vale lembrar que em grandes projetos de engenharia civil por exemplo a atribuição de um técnico em eletrotécnica ou eletrônica se faz muito pertinente no campo por toda sua capacidade de leitura e interpretação de projetos junto com a precisão na execução do mesmo.

O técnico em um serviço independentemente do tamanho e da área que será sua atuação é sempre de fundamental importância a sinergia com o engenheiro responsável do projeto, isso para que seja garantida uma segurança para o contratante pelo conhecimento a respeito do serviço a ser prestado.

O que é o pa?

O CREA é o Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia e esse órgão é o responsável por regulamentar e controlar as atividades profissionais das áreas envolvidas, e isso vale tanto para profissionais do nível superior quanto para os de nível técnico.

Sendo assim toda e qualquer empresa e profissionais autônomos que executem serviços de ordem técnica, independente se for no segmento de energia, eletrônica, telecomunicação e outras, essa empresa ou profissional devem ser qualificados e habilitados com reconhecimento do MEC (Ministério da Educação e Ciência) e do CREA para que possam exercer sua profissão.

Importância de ser registrado no CREA

Um profissional que tenha responsabilidade com a atividade exercida e siga os códigos de conduta ética profissional da área escolhida tem por obrigação fazer seu registro do CREA, a importância desse registro é necessária para comprovar que você como profissional gabaritado frequentou um curso de nível técnico que é reconhecido pelo MEC e que após a conclusão desse curso você está totalmente apto a exercer legalmente a sua profissão de técnico escolhida.

Aqueles que exercem a profissão de técnico sem se quer ter feito um curso para a área estão infligindo a lei, ou seja, exercendo uma profissão de forma ilegal e isso pode gerar complicações sérias caso ocorra uma denúncia ou um acidente aconteça.

Por isso essas pessoas que não estão agindo dentro da lei não podem se responsabilizar tecnicamente pelos serviços prestados, pois para ser responsável técnico de determinado serviço o profissional precisa emitir um documento denominado ART (Anotação de Responsabilidade Técnica, somente é permitido liberar esse documento profissionais que estão devidamente registrados no Conselho.

ART

Cursos Técnicos

Existem diversos cursos técnicos hoje em dia e todos eles possuem seu Conselho especifico, os cursos técnicos pertinentes ao CREA tem uma duração média de 18 meses, sendo eles:

  • Eletricista;
  • Eletrônica;
  • Arquitetura e urbanismo;
  • Edificação;

Esses cursos podem ser para profissionais práticos que já atuam na área porem precisam ser certificados e reconhecidos ou também jovens que estão ingressando no mercado de trabalho ou aqueles buscando uma transição de carreira. Lembre-se sempre antes de escolher a sua escola consultar se ela está em conformidade junto ao MEC, pois caso não seja reconhecida pelo órgão é melhor você escolher uma outra.

Avalie esta Página

Comentários

comentários

2 Comments

Deixe um comentário