Diferença entre Multimetro, Osciloscopio e Frequencimetro

No universo da elétrica existem centenas de equipamentos para auxiliar o eletricista em suas análises, a fim de poder extrair a melhor conclusão e dessa forma sanar o defeito de aparelhos que causam queixas dos clientes.

Dessa forma vamos nesse artigo fazer um esclarecimento das diferenças, funcionalidades e aplicações de três equipamento muito utilizado no mundo da elétrica e eletrônica, estamos falando do multímetro, osciloscópio e frequencímetro.

Qual a diferença entre multímetro digital analógico, osciloscópio e frequencimentro

O multímetro

Vamos começar falando da ferramenta que não pode faltar na maleta do eletricista ou eletrônico, o multímetro. Essa ferramenta é a mais utilizada por ter como finalidade medições de grandezas elétricas como, tensão, corrente, resistência, capacitância e alguns ainda possuem a opção de medir temperaturas e frequências, além de existirem no mercado disponível versões digitais e analógicas, entenda as diferenças.

Multímetro analógico

Os multímetros analógicos funcionam com base dos galvanômetros, onde a leitura se dá através de ponteiros que variam de acordo com a força eletromagnética obtida na hora da aferição, ou seja, possui uma composição de bobina elétrica montada em um anel que possui no seu núcleo um imã.

Quando a corrente elétrica passa pela bobina cria o campo magnético com sentido oposto ao do imã que por consequência promove o giro do conjunto. O mostrador desse multímetro analógico é composto por faixas de corrente, tensão e resistência, ao fundo do ponteiro existe uma faixa espelhada que está ali para evitar o erro de paralaxe quando se faz a leitura do valor obtido.

Multímetro digital

Os multímetros digitais possuem inúmeros designs, modelos, e características, podendo variar até mesmo o seu visor sendo LCD ou LED. Outro ponto que vale ressaltar é que vemos no dia a dia, muitos profissionais chamando alicate amperímetro de multímetro e vice-versa, o fato é que são duas ferramentas diferentes, porém no mercado existem multímetros com o alicate amperímetro acoplado, com isso o profissional consegue ganhar mais tempo na hora de fazer leituras de corrente sem precisar abrir o circuito.

Os equipamentos digitais possuem seu funcionamento baseando na conversão de corrente elétrica em sinais digitais, isso é possível pelo circuito eletrônico interno que esses multímetros possuem.

Esse circuito interno executa uma função de comparação, ou seja, compara a corrente medida com uma corrente gerada internamente, com isso os incrementos internos executam a operação de contagem até que ambas correntes se igualem e o resultado vá para o mostrador em forma digital, veja algumas características desse aparelho:

  • Resolução: O visor dos aparelhos possui boa resolução dos dígitos facilitando assim a leitura;
  • Exatidão: Os multímetros digitais possuem um valor de erro menor que os analógicos;
  • Gama de grandezas: Esses equipamentos podem possuir infinitas possibilidades de medições de grandezas elétricas dependendo claro de cada fabricante;
  • Categorias: Os aparelhos digitais possuem várias classificações de categorias, assim você poderia utilizar aquele que melhor condiz com seu trabalho.

O Osciloscópio

O osciloscópio é um equipamento bem diferente do multímetro, o osciloscópio tem uma função muito especifica e tem seu uso em maior escala em bancadas nas análises eletrônicas. Seu fundamental uso fica por conta de realizar análises de tensão em função do tempo.

Um equipamento desses ainda que sua principal função seja a avaliação de ondas de tensão em função de tempo, conseguimos com ele ainda analisar sinais sonoros, vibrações de motor, ondas cerebrais e algumas outras formas de ondas em que se possui algum sinal elétrico, seja direto ou por conversão.

Funcionamento básico do osciloscópio

De um modo geral os osciloscópios possuem uma entrada coaxial, com uma resistividade de 1MOhm na entrada em paralelo com uma capacitância de 20pF. Esse equipamento é composto por um tubo de raio catódico, um amplificador vertical, um amplificador horizontal, uma fonte de alimentação e uma base de tempo.

como o osciloscópio funciona

O sinal recebido no equipado se direciona para placas de deflexão vertical fazendo o ponto luminoso se movimentar, já outra parte do sinal vai para os geradores de pulsos horizontais que em conjunto com a base de tempo executa o movimento do ponto da esquerda para direita.

Para se utilizar o osciloscópio você basicamente vai precisar conectar por exemplo na análise de uma placa de rádio, o terra do osciloscópio ao terra do circuito e a ponta de prova você insere entre estágios específicos no circuito.

O frequencímetro

Basicamente o frequencímetro é um equipamento para uma única função, medir frequência de algum sinal, seja ele elétrico ou mecânico em um determinado período.

Sua unidade de medida é Hertz o aparelho possui um mostrador digital e pode ser utilizado tanto na escalada de Hz quanto na tem tempo em segundos. Os frequencímetros digitais são utilizados comumente em laboratórios de eletrônica e até em uso no campo.

Seu funcionamento se dá através de uma base de tempo constituída por cristal de quartzo e um circuito digital contador.

Existe ainda no mercado alguns frequencímetros eletromecânicos, esses possuem aplicação somente na rede elétrica, eles são capazes de medir baixa frequência nas redes, e seu sistema interno muda, sendo formado por barras de ferro doce que ao vibrarem por frequências de ressonância mostram o valor que possui na rede. Esses equipamentos podem ser encontrados facilmente em painéis elétricos.

Diferença entre Multimetro, Osciloscopio e Frequencimetro
3 (60%) 1 vote

Comentários

comentários

Deixe um comentário