Como se tornar um eletricista licenciado – PARTE 1

Se você é um profissional qualificado e interessado ​​em exercer um serviço que ajuda o mundo moderno a girar, considere se tornar um eletricista. Licenciado ou mestre, os eletricistas são profissionais altamente capacitados, cujas responsabilidades incluem  desde a substituição de uma tomada elétrica até a implantação da rede elétrica de uma casa ou de uma edificação recém-construída. Este artigo fornece informações sobre o trabalho de um eletricista, os requisitos educacionais e de treinamentos para se tornar um eletricista e como obter a sua licença.

Entenda o que o trabalho envolve. Eletricistas trabalham em uma variedade de configurações, incluindo casas, empresas, escolas, hospitais – qualquer tipo de edificação que necessita de eletricidade para funcionar.

Eletricistas também podem realizar trabalho em trens, aviões, navios e veículos.

O trabalho dos eletricistas inclui:

Leitura e interpretação de diagramas técnicos da instalação elétrica do local de trabalho.

Instalar e substituir fios, cabos, disjuntores, tomadas, interruptores, entre outros.

Utilização de equipamentos como multímetro, alicate-amperímetro, voltímetro, ohmímetro, fasímetro e outros necessários à função.

Trabalhar em equipe e em coordenação com a gerencia de projeto, proprietário do imóvel ou supervisão de construção e manutenção do local de trabalho.

Conhecer e seguir as normas regulamentadoras, de segurança no trabalho com eletricidade – NR-10 e códigos de construção, a fim de garantir que as edificações sejam conectadas à rede elétrica com segurança.

Não é fácil ser um eletricista licenciado é preciso gostar e se dedicar

Possuir aptidão para o trabalho com eletricidade. Eletricistas são especialistas em diagnóstico de falhas no sistema elétrico e devem usar senso crítico e técnicas de trabalho corretas para resolvê-las.

Os eletricistas têm as seguintes características:

Foco para os detalhes. Eletricistas devem saber discorrer sobre detalhes de um projeto elétrico para obter melhor resultado na sua execução. Identificar a razão do não-funcionamento de uma instalação elétrica, evitando criar situações perigosas para si ou para terceiros.

Forte destreza manual. Eletricistas trabalham com pequenas ferramentas e peças que devem ser manuseadas com cuidado e precisão. Muitas vezes deverão subir em escadas (trabalho em altura) ou acessar espaços confinados para executar seus trabalhos. Para trabalho em altura deverá possuir certificação NR-35 e para espaços confinados, NR-33.

Ser flexível. Eletricistas devem se sentir confortáveis ​​trabalhando em diferentes locais, sob uma variedade de condições adversas. Capacidade de comunicar-se facilmente com os supervisores, coordenadores, gerentes e membros de equipes de construção e manutenção.

Como se tornar um eletricista licenciado – Parte 2

Avalie esta Página

Comentários

comentários

Deixe um comentário