Motoredutor de Velocidade – O que é, Tipos e Funcionamento

Há estágios na vida de um eletricista em que ele precisa saber além da elétrica, precisa ter conhecimento em algumas outras áreas que em conjunto com sua expertise em eletricidade darão ao cliente uma solução para seu problema.

Muitos eletricistas em algum momento de sua vida profissional passam pelo desafio de realizar um serviço que há necessidade de reduzir a velocidade de um determinado motor e entregar um maior torque, desse modo fica difícil
solucionar o caso somente na base da elétrica, e para solucionar essa missão precisaremos conhecer sobre Motoredutor.

Motoredutor ou redutor de velocidade é um equipamento mais voltado para mecâni
ca do que para elétrica, porém como conhecimento nunca é demais e esse equipamento é sim muito importante em várias aplicações na elétrica, vamos abordar aqui nesse artigo como funciona um Motoredutor e suas aplicações, confira.motoredutor-aplicacao-funcionamento

Primeiramente o que seria um Motoredutor ou Redutor de Velocidade

De uma forma simples para se entender o que é um Motoredutor podemos definir da seguinte maneira, Motoredutor é um dispositivo mecânico quer realiza a redução de velocidade (rpm) de um determinado acionador.

A composição de um Motoredutor para que ele execute essa tarefa é constituída de um eixo de entrada e outro de saída, conjunto de engrenagens, rolamentos, uma carcaça e um eixo sem-fim. Dessa forma, um Motoredutor tem como base de funcionamento nesse conjunto a lei da física, onde quando a rotação diminui o torque se eleva, ou seja, quanto menor for a rotação do motor em relação ao eixo maior será o torque entregue na saída.

Tipos de Motoredutores

O Motoredutor mais comum encontrado no mercado e no dia a dia de todos é o composto por sistema de redução de engrenagens, essas engrenagens podem ser cônicas ou cilíndricas, seu uso é utilizado em larga escala no segmento automobilístico, na caixa de câmbio dos veículos.

No mercado ainda existem outros dois tipos de redutores de velocidade que são os com rosca sem fim ou de coroa, em ambas composições as engrenagens podem possuir na sua melhor formação dentes helicoidais, isso acontece para que não haja muita vibração com o conjunto em funcionamento, porém tudo tem seu preço e esses Motoredutores possuem um valor muito elevado, dessa forma caso queira um custo menor em seu projeto o indicado é escolher Motoredutor com engrenagem de dente reto.

E um terceiro sistema de Motoredutor utilizado quando há necessidade de reduzir altas velocidades é o redutor epicicloidal, esse equipamento possui em sua composição de engrenagens vários tipos, podendo conter dentes retos, helicoidais, internos, etc.

redutores-epicicloidais

Onde aplicar os Motoredutores?

Para aqueles que estão achando que esses sistemas de redução de velocidade são aplicados somente em veículos nas caixas de câmbio estão redondamente enganados. Nos veículos, é onde podemos encontrar esse sistema facilmente, isso ocorre devido a necessidade de alterar a velocidade do veículo e estabilizar o sistema como um todo de acordo com a necessidade do motorista, porém ainda podemos aplicar Motoredutores em:

  • Aplicações residenciais e comerciais:

    • Portões automáticos;
    • Escadas rolantes;
    • Churrasqueiras elétricas;
    • Temporizadores de máquinas de lavar;
    • Furadeiras;
    • Batedeiras de bolo;
    • Relógios eletromecânicos;
  • Aplicações Industriais:

    • Macacos para veículos;
    • Guindastes;
    • Elevadores;
    • Fixadores;
    • Robôs;
    • Transportes;
    • Etc.

Enfim, o uso desses redutores de velocidade pode ir desde o uso doméstico ao industrial, sempre em que se desejar controlar a velocidade e obter níveis diferentes de torque você poderia utilizar desse artificio em conjunto com vários outros como, por exemplo, um sistema controlado pelo comando elétrico.

Avalie esta Página

Comentários

comentários

Deixe um comentário