Queda de Tensão Elétrica Saiba Como Evitar

Antes de tudo vamos entender o conceito de queda de tensão elétrica. Queda de tensão elétrica é um efeito que acontece em instalações elétricas residenciais ou industriais e é ocasionada por uma projeto mal elaborado pelo eletricista responsável pela edificação, no qual é surtido efeito ao fazer uso de equipamentos que necessitam de uma carga mais elevada para que funcionem, sendo assim a tensão disponível sofre uma queda,

ou seja, esse efeito ocorre pelo fato de que qualquer equipamento empregado em circuito elétrico é visto como uma resistência, contudo a fiação também é uma resistência e dessa forma se mal dimensionada a resistência deles aumentam a ponto de interferir no funcionamento do circuito e provocando a queda de tensão elétrica.

Saiba como evitar a queda de tensão elétrica no seu projeto

Dessa forma podemos concluir que queda de tensão elétrica monofásica ou trifásica nada mais é do que uma anomalia causada pelas distâncias percorridas pela corrente elétrica em um circuito com condutores mal dimensionados, ou seja, quanto maior for o comprimento do condutor maior será a sua queda de tensão e isso vai ocorrer pois terá mais material resistivo que consequentemente terá uma resistência elétrica mais elevada.

Como saber se a instalação está bem dimensionada

Ao ligar equipamento como: Chuveiro elétrico, microondas, ar condicionado, secador de cabelo, forno elétrico, etc., que são equipamentos de baixa resistência e você perceber que a luminosidade da luz baixou ou certo aparelho caiu a potência quando algum outro estava sendo utilizado, fique esperto pois a sua instalação está em risco.

Essa anomalia gerada é tão prejudicial para seu bolso quanto para sua segurança, uma queda de tensão pode desencadear uma necessidade extra de corrente para as demais funções da casa sendo assim o consumo aumenta, já por outro lado afeta e muito a segurança do ambiente, pois os condutores irão aquecer demasiadamente e dessa forma podem perder sua vida útil com mais velocidade e vir a ressecar, logo por consequência provocar um curto circuito futuro.

Como dimensionar o circuito elétrico e prevenir a queda de tensão

Para prevenir contra quedas de tensão em circuitos monofásicos/trifásicos existem cálculos específicos para dimensionamento de condutores e tomadas, bem como normativas que esclarecem como deve ser o circuito nos locais com uso de mais aparelhos, dessa forma é possível garantir o bom funcionamento de motores, chuveiros, bombas, fornos, etc., pois a queda de tensão será satisfatória. De acordo com a norma NBR 5410, existem valores admissíveis para queda de tensão tanto em circuitos monofásicos quanto em trifásico, são elas:

  • Sistema monofásico 127V / Queda de tensão admissível 3%;
  • Sistema monofásico 220V / Queda de tensão admissível 3%;
  • Sistema trifásico 127/220V / Queda de tensão admissível 5%;
  • Sistema trifásico 220/380V / Queda de tensão admissível 5%.

Ao projetar toda instalação elétrica deve-se atentar as distancias entre equipamentos e quadro de energia, pois a queda de tensão vai ocorrer devido a resistência ao longo do percurso, então atente-se a esse detalhe para não errar na hora de dimensionar a seção do seu condutor.

Vamos dar uma analisada como calcular todos os pontos importantes a fim de evitar uma queda de tensão muito alta.

 

  • Calculo da Resistência ôhmica do circuito;

R= ρ*L/S

R: Resistência elétrica dada em ohm;

ρ: Resistividade especifica do material (cobre 0,0172);

L: Comprimento do Condutor em metros;

S: Seção do Condutor em mm².

 

  • Calculo para percentual de queda de tensão;

Tabela com dados dos materiais com sua resistividade para calcular a queda de tensão

∆E%=100*∆E/E

∆E%: Percentual da queda de tensão;

∆E: Queda de tensão em volt;

E: Tensão em Volt.

 

  • Calculo da queda de tensão;

∆E=2R*i*cosθ

∆E: Queda de tensão em volts;

R: Resistencia elétrica por fase em ohm;

I: corrente elétrica em ampère;

cosθ: Fator de Potência.

 

  • Calculo da seção do condutor para circuitos monofásicos;

S=2*i*L/56*∆U

S: seção/bitola do condutor em mm²;

I: Corrente do circuito em ampère;

L: distancia em metros, do quadro de distribuição até o equipamento terminal;

∆U: Queda de tensão absoluta em Volts.

 

  • Calculo da seção do condutor para circuitos trifásicos;

S=√3*i*L/56*∆U

Queda de Tensão Elétrica Saiba Como Evitar
5 (100%) 1 vote

Comentários

comentários

9 Comments

Deixe um comentário