Eletrônicas Saber Elétrica

Engenharia eletrônica: Aplicações Práticas no Cenário atual da Demanda por Energia

Engenharia Eletrônica é uma área voltada ao desenvolvimento de componentes, dispositivos, sistemas e equipamentos eletrônicos, como transistores e circuitos integrados. É a parte da Engenharia que lida com a energia elétrica em pequena amplitude.

A Eletrônica está em nosso cotidiano, presente nas mais diversas áreas: Comunicação, Transporte, Sistemas Computadorizados, Controle de Processos, Entretenimento, Segurança, Automação Predial e Industrial, Indústria de Eletrodomésticos e Equipamentos Médicos, entre muitas outras.

Enquanto o engenheiro eletricista se dedica às redes elétricas e circuitos, à automação na criação de componentes para telefonias e na projeção de usinas de produção de energia e hidrelétricas, o engenheiro eletrônico cuida de equipamentos mais delicados, de pequenas amplitudes e frequências elevadas, considerados de baixa tensão.

Essa carreira é voltada para a projeção dos aparelhos eletrônicos e o seu processo de manutenção.

Em relação ao Transporte, hoje destaca-se no Brasil a demanda por energia limpa (renovável) utilizando veículos elétricos. Neste contexto, a Engenharia Eletrônica têm o papel de desenvolver sistemas e meios para o desenvolvimento de máquinas que sejam 100% limpas e que não agridam o meio-ambiente, fazendo com que a demanda por combustíveis fósseis seja menor, equalizando a matriz energética brasileira.

onibus com placas fotovoltaica

Depois do carro a álcool, com tecnologia 100% nacional, agora é a vez da multiplicação dos ônibus elétricos pelo país. As obras da Copa do Mundo e a necessidade, cada vez mais presente nas grandes cidades, do uso de energia limpa nos veículos de transporte urbano têm ajudado a alavancar os pedidos de veículos com tração elétrica.

A Eletra é uma empresa brasileira especializada nessa tecnologia e fabrica veículos com tração elétrica nas versões trólebus (rede aérea); híbrido (grupo motor gerador + baterias); e elétrico puro (baterias), que podem ser adotadas em veículos para transporte urbano de passageiros.

A empresa já esta neste mercado há mais de 30 anos. Em 1999, a Eletra criou o primeiro ônibus elétrico híbrido com tecnologia brasileira. Hoje, a marca está presente em 300 trólebus e em 45 híbridos em operação na grande São Paulo, além de cidades como Rosário, na Argentina, e Wellington, na Nova Zelândia.

Em relação à energia solar, a Engenharia Eletrônica destaca-se por desenvolver e implementar placas de células solares para a captação da energia solar, gerando energia elétrica e diminuindo a dependência por energia elétrica proveniente de hidrelétricas.

A energia solar no Brasil vem crescendo a passos largos. Existem diversos benefícios econômicos e ambientais que estão ajudando a impulsionar o crescimento desta fonte de energia renovável.

Benefícios Econômicos:

São vários os benefícios econômicos da energia solar no Brasil, abaixo listamos os mais importantes:

  • Casas que possuem energia solar fotovoltaica instalada podem gerar a sua própria energia renovável e assim praticamente se livrar da sua conta de luz para sempre.
  • Sistemas fotovoltaicos valorizam a propriedade.
  • Quanto mais energia solar instalada no Brasil menor é a necessidade de utilizarmos as usinas termoelétricas que são caras e, menor a inflação na conta de luz.
  • A indústria de energia solar no Brasil gera milhares de empregos todos os anos.

Benefícios Ambientais:

A energia solar traz diversos benefícios ambientais para o Brasil.

Se uma boa parte da população instalar energia solar nas casas e empresas, não seria mais necessário inundar áreas imensas da floresta amazônica para construir usinas hidrelétricas absurdas como a Belo Monte.

Uma usina solar de 100MWp gera energia para 20.000 casas e evita a emissão de 175.000 toneladas de CO2 por ano.

Vantagens da Energia Solar

As vantagens de se utilizar a energia solar no Brasil são inúmeras, abaixo as principais:

  • A energia solar é totalmente renovável.
  • A energia solar é infinita.
  • Não faz barulho.
  • Não polui.
  • Manutenção mínima.
  • Baixo custo considerando a vida útil de um sistema fotovoltaico
  • Fácil de instalar.
  • Pode ser usado em áreas remotas onde não existe energia.

Em relação à demanda de energia residencial, podemos incluir a Engenharia Eletrônica no controle de energia de eletrodomésticos.

Hoje, cada vez mais busca-se autonomia e eficiência em máquinas eletrônicas, sendo que há casas inteligentes para a otimização do consumo de energia mensal.

Neste contexto, a Engenharia eletrônica tem como principal função projetar sistemas econômicos de energia para esta demanda.

Engenharia eletrônica: Aplicações Práticas no Cenário atual da Demanda por Energia
5 - 1 Vote

Comentários

comentários

Sobre o autor | Website

O Saber Elétrica é um canal educativo e informativo que vem com objetivo de compartilhar um conteúdo dinâmico e didático sobre o mercado de trabalho voltado a setor da energia e eletricidade com foco nos setores da eletreletrônica e da eletrotécnica.

Baixe o Guia LIDE Gratuitamente!

Quero Receber!
100% livre de spam. Somos contra essa prática.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!