Geradores Elétricos – Fundamento e Tipos

O gerador de energia ou geradores elétricos são equipamentos que possui como finalidade transformar outros meios de energia em energia elétrica, sendo assim seu nome Gerador sugere um conceito errado, pois esse aparelho irá transformar um tipo de energia em outra, caso ele gerasse uma energia nós teríamos o Princípio da Conservação de Energia violado.

Fundamento dos Geradores Elétricos

Para explicar o funcionamento de um gerador iremos tomar como exemplo um dos mais comuns nesse meio, o Gerador Elétrico de Dínamo, esse modelo gera corrente continua muito comum em carros, esse equipamento depende totalmente da indução eletromagnética para realizar a conversão de energia mecânica em energia elétrica, sendo assim verificamos essa tese na lei de indução eletromagnética elaborada por Faraday combinada com a lei de Ampere.

O funcionamento do dínamo dá-se convertendo energia mecânica em elétrica quando ele realiza a rotação do seu eixo e assim libera a energia contida e desse modo permite com que o campo magnético atravesse o conjunto de enrolamentos e ocasione a variação do fluxo em função do tempo.

Portanto, a energia elétrica é gerada através de uma tensão induzida nos terminais de um enrolamento que quando conectados em alguma carga vão proporcionar uma circulação de corrente elétrica nos enrolamentos da carga.

Outro ponto que vale lembrar nos geradores é que podem ser associados uns aos outros a fim de aumentar ou diminuir grandezas elétricas, ou seja, caso eu precise somente de um tipo de gerador porem uma corrente maior se faz uma associação paralelo e teremos uma tensão única e as correntes somadas de cada gerador, porém, caso queira uma tensão maior e uma corrente constante associa-se os geradores em série.

Tipos de Geradores Elétricos

Hoje em dia existe uma grande diversidade de geradores elétricos, geradores eletrostáticos como por exemplo a máquina de Wimshurst, e aqueles enormes geradores como os de Van Graaff, esses por sua vez são utilizados em larga escala para trabalhos especiais que exigem tensões mais elevadas porém com baixa corrente e potência.

Isso é possível nos geradores de Van Graaff pois a densidade do volume de energia é alta, ou seja, para que seja possível converter uma quantidade significativa de energia é necessário que o volume por parte do gerador seja maior ainda, esse fenômeno nós não temos em geradores eletromagnéticos, pois esses modelos não permitem uma concentração de energia com essa proporção do Van Graaff.

Veja os tipos de Geradores Elétricos disponíveis no mercado:

  • Gerador Luminoso: Esses geradores são sistemas construídos para transformar a energia luminosa em energia elétrica, isso é visto facilmente em placas solares, feitas de um composto de silício que converte a energia luminosa dos raios solares em energia elétrica;
  • Gerador Mecânico: Modelo explicado com o dinâmico, esses geradores são os mais comuns e também com maior capacidade de transformação de energia. Esses geradores que utilizam a técnica do magnetismo para transformar energia mecânica em elétrica são vistos em usinas hidroelétricas, termoelétricas e termonucleares;
  • Gerador Químico: Esses geradores que transformam energia potencial química em elétrica possuem a transformação somente para corrente continua, e é comumente encontrado em pilhas e baterias;
  • Gerador Térmico: Esses são os dispositivos capazes de converter energia do efeito Joule em elétrica direto sem intermediários.
Geradores Elétricos – Fundamento e Tipos
3.7 - 10 Votes

Comentários

comentários

Sobre o autor | Website

O Saber Elétrica é um canal educativo e informativo que vem com objetivo de compartilhar um conteúdo dinâmico e didático sobre o mercado de trabalho voltado a setor da energia e eletricidade com foco nos setores da eletreletrônica e da eletrotécnica.

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.