Investir em Instalação Fotovoltaica Residencial Vale a Pena?

Quando se fala em painéis fotovoltaicos, uma dúvida ronda seus pensamentos e você se pergunta se investir em instalação fotovoltaica residencial é um caminho certeiro. Esse questionamento se deve tanto no que diz respeito a ter um sistema elétrico solar em sua casa, como também se especializar nessa área.

A especialização é garantia de trabalho futuro, dado o crescimento do número de interessados em aproveitar a radiação solar para ter economia nas suas faturas mensais, substituindo o fornecimento de energia elétrica fornecido por empresas distribuidoras como CPFL e Enel.

Dessa forma, há muito caminho pela frente para você, que é profissional ativo dentro do campo da eletricidade e que pretende ganhar mais entrando nesse mercado da energia solar.

Residências adotam a energia solar cada vez mais

profissional técnico em instalação de painel fotovoltaico

Tudo que envolve a aparelhagem fotovoltaica tem se tornado, cada vez mais, objeto presente nas residências, o que fez com que a demanda de encomendas crescesse e, adiante, espera-se que a quantidade de interessados seja ainda maior

Prestando serviços como autônimo, trabalhando com instalação de painéis solares para residências, comércio, indústria e demais estabelecimentos, sem dúvida não faltará trabalho para você, pois aumenta cada vez mais o número de lares no Brasil e no mundo aderindo à produção de energia solar.

No final do ano passado, o jornal Estadão anunciou um aumento de 407% do uso desse tipo de energia no Brasil. Hoje, o fato de haver um grande crescente de adeptos

Trata-se de uma nova medida para abastecer a casa que está progressivamente deixando de ser vista como um modo de viver alternativo, como era interpretada no passado.

Por isso, investir em instalação fotovoltaica residencial é, sim, um caminho que, além de ser econômico a longo prazo, ajuda na preservação de recursos naturais, uma vez que a radiação solar é um meio sustentável, por isso não age com violência contra a fauna e a flora.

Veja como exemplo o caso das hidrelétricas. Para serem construídas, um vasto espaço de mata é destruído e comunidades de seres vivos morrem nesse processo. Um efeito dominó que atinge a todos nós por completo, pois põe o meio ambiente em desiquilíbrio.

 

Mas afinal, o que quer dizer energia fotovoltaica?

A ação fotovoltaica foi descoberta em 1839 por Antoine Becquerel, a qual é capaz de transformar a energia da luz em eletricidade. Por isso do nome se iniciar com o termo “foto”, que em grego quer dizer “luz”.

Portanto, energia fotovoltaica parte de um princípio que se originou a partir de estudos sobre semicondutores, em que elétrons liberados por fótons geram energia elétrica. Os estudos de Antoine mostraram que esses elétrons viabilizavam a produção de uma diferença de potencial capaz de gerar corrente elétrica contínua.

O que torna a energia solar a mais acessível e, por isso de maior viabilidade do que as demais energias renováveis é o fato de estar disponível em todos os lugares.

Embora muitas pessoas não saibam, a tecnologia fotovoltaica está sendo aplicada desde a década de 1960 em satélites. Então, só em 1970 é que passou a ser usada na Terra.

A sua potência é dada em pico de watts (Wc): energia que o módulo fotovoltaico fornece mediante uma insolação de 1000W por m2, considerando 25 ° C de temperatura.

Hoje, os módulos proporcionam a uma residência grandes rendimentos. Você que é da área de elétrica deve ficar bastante atento ao mercado de placas fotovoltaicas, não só para prestar serviços de instalação, como também atuar como revendedor de cotas de energia solar, assunto que trataremos com melhores detalhes em um de nossos posts a seguir sobre energias renováveis.

aplicação das células fotovoltaicas em satélites

Sistema fotovoltaico já vinha sendo usado em satélites desde a década de 1960

 

Micro inversor solar: tecnologia e praticidade

Agora também disponível no Brasil, o micro inversor pode ser usado em instalações de até 2 painéis fotovoltaicos. Sua instalação é muito simples, além do mais, com apenas 1 aparelho você consegue conectar 14 módulos solares.

O micro inversor tem muitas vantagens que o colocam muito à frente dos já defasados inversores. Além de serem pequenos e, por isso, fáceis de serem transportados, trazem vantagem em termos de custo, produtividade e escalabilidade. Pela internet, o valor gira em torno de R$ 1.800,00 a R$9.000,00, a depender de suas especificações e marca.

Inversor central

Embora obsoleto, ainda é bastante utilizado no Brasil. Trata-se de um dispositivo usado para converter a corrente contínua em corrente alternada, ou seja, a que usamos em nossas casas. Todos os painéis solares instalados no telhado são conectados a um único inversor. Já em grandes instalações, vários inversores podem ser instalados.

Micro inversor

Versão em miniatura de um inversor: exerce o mesmo papel, exceto o fato de cada painel solar instalado ser equipado com seu próprio micro inversor.

Alguns micro inversores podem gerenciar de 2 a 4 painéis de forma independente.

 

Para investir em instalação fotovoltaica residencial, veja como funciona.

Está cada vez mais comum encontrar residências com energia solar. Em 2 anos, o número de adeptos no Brasil aumentou de 2 mil para 49 mil, em notícia divulgada no dia o6 de maio deste ano.

Por meio de um inversor, ou de um micro inversor há a conversão da corrente contínua para o sistema dos painéis já devidamente colocados no telhado da casa. O inversor deve estar de acordo com os quilowatts dos do sistema de energia solar.

Há diferentes quilowatts conforme a variação de sistemas de energia solar, como por exemplo 4.0kw, 5.0kw, 0.6kw. Em suma, você deve conferir se os dados do inversor são equivalentes com os dados do sistema instalado.

A transformação da energia que vem dos raios de sol em eletricidade ocorre devido aos fótons, que chegam com esses raios.

Os fótons solares são estimulantes de semicondutores de silício que, os quais liberam elétrons que se movem constantemente, gerando corrente elétrica.

 

Locais de instalação

A instalação pode seguir estes procedimentos:

Garanta que os painéis fiquem com inclinação entre 45 ° e 50° da base (chão ou telhado).

No chão: é necessário que haja espaço disponível, mais aconselhável para quem mora em chácaras. É importante ressaltar que devido à entre o balão e os sensores, há risco de perda de calor.

À frente da residência: não há problema de ordem técnica, entretanto, a estética da casa fica prejudicada.

No telhado: Na adoção de sistemas elétricos solares essa é a opção mais escolhida. Entretanto, convém que o telhado seja checado antes de efetuar a instalação, evitando que as telhas se quebrem ou que a aparelhagem do sistema elétrico seja danificada.

melhor local para instalação das placas fotovoltaica

O telhado é o local onde os painéis fotovoltaicos mais são instalados.

 

Painel solar fotovoltaico: benefícios

Os painéis fotovoltaicos não contribuem somente para a sua economia. Aliado da natureza, a aparelhagem contribui com a redução de CO2 e demais poluentes que são lançados na atmosfera diariamente.

Além do mais, esses painéis são produtos recicláveis.

Já os benefícios econômicos, que dão como resultado uma conta bem menor com a qual estamos acostumados, é o motivo que mais tem despertado o interesse de pessoas de várias partes do mundo, que não se arrependem por investir em instalação fotovoltaica residencial,

Depois da aquisição, a economia se converte em boa rentabilidade, abatendo o alto valor da instalação, que tem grande variedade de preço porque os fornecedores usam componentes diferentes uns dos outros.

A amortização do investimento leva cerca de 2 a 5 anos, a depender do consumo que cada residência tem.

Uma casa pequena, com 2 quartos e 2 banheiros, onde morem 2 pessoas, terá um custo de investimento entre 10 e 12 mil reais. O valor aumenta à medida da necessidade da casa, assim, em grandes mansões o investimento pode chegar à casa dos 50 mil reais.

Investir em instalação fotovoltaica residencial é seguro, pois o retorno do que valor no ato da aquisição retorna na forma de economia em pouco tempo.

 

2019 é sucesso em vendas de painéis fotovoltaicos

O número de pessoas alterando a sua forma de consumo energia elétrica não para de crescer. Só no primeiro semestre de 2019 houve aumento de 50% da demanda requisitando instalações residenciais.

Foi o que divulgou a o canal de notícias Band Uol, que você pode conferir logo abaixo.

Além de economia na fatura de energia elétrica, muitos estão buscando Investir em instalação fotovoltaica residencial devido à valorização que o imóvel passa a ter com o sistema. Muitas pessoas ainda não sabem disso, o que faz desse momento uma ótima época para adquirir os equipamentos para captação de radiação solar.

No mês de junho deste ano, o jornal online G1 noticiou essa informação e, também, a de que o número de investidores interessados nessa área está crescendo bastante.

A Lawrence Berkeley National Laboratory, laboratório do DOE de pesquisas científicas da Universidade de Berkeley, constatou que houve um aumento de 4% em seu valor de venda por estarem aparelhadas para captação e conversão de energia solar em eletricidade.

 

Vantagens da energia solar

Investir em instalação fotovoltaica residencial tem uma série de benefícios.

Cerca de cinquenta anos atrás, a construção de grandes usinas de carvão, gás ou energia nuclear eram consideradas as formas mais econômicas de produzir eletricidade. Mas a possibilidade de produzir eletricidade em casa a partir da radiação solar custa duas vezes mais barato do que comprar o serviço de empresas que administram o fornecimento de eletricidade proveniente, no Brasil, de usinas hidrelétricas.

O sol fornece uma energia que pode ser explorada de forma infinita. Além de ser acessível em todos os lugares. O uso da energia solar é saudável, sobretudo porque respeita o meio ambiente.

Além do aspecto ecológico, permite que as famílias façam poupanças significativas. Ou seja, o investimento garante economia, e como todos sabemos, quando se há economia, o que antes era gasto com altas taxas se serviço no fornecimento de eletricidade, agora pode ser poupado e, caso queira ver ainda mais lucro, o excedente de sua antiga fatura pode até mesmo ser aplicado.

Deixe o seu comentário!

Explorar fontes de energia como a biomassa exige a sua transformação para que se torne, de fato, uma energia. Mas essas transformações precisam de procedimentos que envolvem energia. Além do mais, liberam CO2 na atmosfera.

Isso já é um grande motivo para investir em instalação fotovoltaica residencial, não acha?

 

Aproveite e faça o curso de energia solar fotovoltaica à distância

Tenha acesso a aula gratuita e aprenda 3 passos simples que devem ser dados em seu negócio. Trabalhe com energia solar e veja o lucro florescer em suas mãos!

Não sabe nada a respeito? Não tem problema, é por isso mesmo que você deve fazer o curso online para aprender como oferecer serviços de instalação e, também, como e quais materiais comprar na hora de montar o seu kit de energia solar.

Não perca essa oportunidade de mercado!

Clique no link logo abaixo e faça parte dessa grande ideia!

curso de energia solar fotovoltaica à distância

 

Você vai gostar também:

Comentários

comentários

Sobre o autor | Website

O Saber Elétrica é um canal educativo e informativo que vem com objetivo de compartilhar um conteúdo dinâmico e didático sobre o mercado de trabalho voltado a setor da energia e eletricidade com foco nos setores da eletreletrônica e da eletrotécnica.

E-book Gratuito! 

 Receba em seu e-mail esse E-book Gratuito para você baixar e imprimir.

Apostila digital - Projeto de Instalação Elétrica Residencial
BAIXAR E-BOOK AGORA!
SPAM na internet. Eu também sou contra tal pratica.

Passo a Passo Entendendo Projeto de Instalação Elétrica Residencial - Cadastre seu e-mail para receber seu E-book!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

3 Comentários

  1. Ana disse:

    Ótimo artigo!!!

  2. Anderson disse:

    Muito bom o conteúdo, bem explicado. Ja me tirou várias dúvidas, pois não conhecia nada ainda. Vou me aprofundar e ver se o investimento vale a pena. Parabéns pelo blog, tem muito artigo interessante. Sucesso!