Instalação Elétrica Adolpho Eletricista

Como NÃO operar equipamentos de proteção e manobra

Segurança na operação de equipamentos de proteção e manobra.

Como NÃO operar equipamentos de proteção e manobra

Sempre que formos operar um equipamento de proteção e manobra deveremos estar utilizando os EPI’s e EPC’s necessários à tarefa, conforme reza a Nr10.

Simulação de abertura de chave faca em uma cabine primária sem as devidas precauções


Nessa condição cabe ressaltar a falta de uniforme antichama, capacete classe 15 kv com jugular e viseira, ausência de mangote, óculos de segurança, protetor auricular, as luvas utilizadas eram de borracha protegida por luvas de couro para evitar danos à luva de borracha, porém esse conjunto de luvas estavam mal acondicionados no cubículo de medição e não se sabia à quanto tempo, sendo que todas as luvas de borracha devem sofrer inspeção preventiva a cada seis meses, por norma de segurança.

Sendo as luvas consideradas EPI, devem ficar de posse e responsabilidade dos profissionais que a utilizam,  um par para cada colaborador.

O bastão de manobra também estava acondicionado no cubículo, empoeirado e sem as devidas manutenções preventivas regulamentares.

O tapete de borracha estava em má condição de conservação.

 

Limpeza e manutenção de transformador rebaixador

Novamente a ausência de EPI’s, EPC’s e descumprimento das normas de segurança.

Nunca se aproxime de um equipamento sem ter a certeza de que está desenergizado. Sempre desligue as chaves de saída para alimentação dos circuítos de distribuição da edificação, a fim de evitar energização acidental das buchas secundárias e consequente elevação de tensão para níveis de média tensão e consequente acidente de graves proporções.

Quando um transformador abaixador de tensão é alimentado nas buchas de saída, torna-se um transformador elevador de tensão e teremos tensão primária nas buchas de entrada.

Abertura e Fechamento de chaves de proteção e manobra

Ausência de EPI’s e EPC’s e descumprimento de normas de segurança. Apenas um item correto: braço e mão esquerda junto ao corpo a fim de não fechar circuíto com a massa de algum equipamento ou mesmo com a caixa de distribuição que é metálica e aterrada.

Manutenção no cubículo de medição

Verificação do estado de conservação dos cabos, chaves de proteção e manobra, limpeza, reaperto de parafusos, enfim, todos os itens de manutenção preventiva, porém sem observar as devidas normas e procedimentos de segurança.

Recomendações finais

Sempre que for executar um serviço de qualquer proporção, obedeça as normas de segurança e utilize EPI’s e EPC’s.

Volte para casa da mesma forma que saiu – vivo e inteiro! Seus entes amados estão esperando por você da mesma  forma que saiu para o trabalho.

Todas as fotos apresentadas neste artigo são do arquivo pessoal de Adolpho Eletricista e foram produzidas meramente para fins ilustrativos.

⇒ Cabe ressaltar que em todas as situações os circuítos elétricos estavam devidamente desenergizados, sem riscos de acidentes para a sua produção.

Como NÃO operar equipamentos de proteção e manobra
5 - 2 Votes

Comentários

comentários

Sobre o autor | Website

"Profissional Autônomo de Elétrica" Atuo na área há 37 anos como Técnico Eletrotécnico e Eletricista Instalador, Manutencista e Reformas Residencial, Predial e Industrial. Bacharel em Matemática – Universidade São Judas Tadeu – 1987 Técnico em Eletrônica –1980, CREA Ativo. Instrutor de Treinamentos de NR10, SEP, Instalações Elétricas Residenciais e Industriais, CMRDA e Corte e Religa. www.adolphoeletricista.com.br

E-book Gratuito! 

 Receba em seu e-mail esse e-book gratuitamente para você baixar e imprimir.
SPAM na internet. Eu também sou contra tal pratica.

Passo a Passo Entendendo Projeto de Instalação Elétrica Residencial - Cadastre seu e-mail para receber seu E-book!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!