Sistemas de Segurança Inteligentes: Tranquilidade em Tempo Real

Este é um dos artigos da coletânea sobre Casas Inteligentes, onde trataremos de um dos tópicos mais procurados no que se diz respeito à automação residencial: segurança automatizada.  Confira no fim da página os links para os outros artigos sobre Automação Residencial.

No nosso cotidiano já estamos habituados a conviver com todos os tipos de câmeras, seja em prédios públicos ou Câmeras de circuito fechado mais conhecida como as CFTVparticulares, elevadores ou rodovias, as lentes que captam cada um dos nossos movimentos passariam praticamente desapercebidas caso não houvesse o singelo aviso: “Sorria, você está sendo filmado! ”.

Dessa necessidade de segurança baseada em imagens remotas, surge o conceito de CFTV (Circuito Fechado de Televisão), que nada mais é do que um conjunto de câmeras que captam e exibem as filmagens em tempo real para um monitor ou conjunto de monitores.

Normalmente é necessário um operador para controlar essas câmeras, o que é comum em prédios de grande porte.

No entanto, essa solução se torna pouco viável para residências individuais, onde a contratação de um profissional apenas para esse serviço está normalmente acima do orçamento do consumidor comum. Busca-se, nesse caso, eliminar o fator humano por trás da máquina, a solução seria um sistema de segurança robusto, inteligente e autônomo.

Conforto e comodidade com sistema de segurança

Sistemas de Segurança Inteligentes vieram como uma alternativa ao operador de CFTV

Como funciona um sistema de segurança inteligente?

Baseados nos conceitos da automação residencial, um sistema inteligente voltado para a segurança consiste num conjunto de câmeras capazes de ajustar seu foco e enquadramento de maneira completamente autônoma, através de recursos avançados em termos de visão computacional. Além disso se faz necessária a capacidade de alertar o proprietário remotamente de maneira imediata, por SMS ou e-mail, muitas vezes acompanhada da possibilidade de ver imagens em tempo real.

Diferente do método tradicional, Sistemas de Segurança Inteligentes podem se auto ajustar, não dependem de operadores e se comunicam diretamente com o proprietário.

 Quais as vantagens e desvantagens para o consumidor?

Esse tipo de sistema é ideal para residências e empresas de pequeno porte, onde não é vantajoso contratar um funcionário apenas para monitoração do CFTV. As câmeras autônomas mostram-se extremamente eficientes e econômicas nesse quesito, muitas vezes dando acesso às imagens em tempo real através da internet, e entrando em contato imediatamente por e-mail e SMS ao detectar qualquer irregularidade.

Além disso, fatores como cansaço ou falta de atenção do operador não se aplicam às máquinas inteligentes, capazes de trabalhar sem interrupções.  As desvantagens dependem da tecnologia adotada, já que nenhum equipamento é totalmente imune aos alarmes falsos ou erros de detecção. Além disso, apesar de avisar em tempo real, cabe ao proprietário visualizar a mensagem e tomar medias o mais rápido possível. Quanto a isso, é possível também programar o sistema de monitoramento para entrar em contato diretamente com a empresa de segurança responsável pelo equipamento.

Câmera autônoma articulada em 360º, equipada com LEDs infravermelhos pra visão noturna e transmissor Wi-Fi para transferência de dados

Quais os tipos de câmeras disponíveis atualmente?       

Com os grandes avanços na área de visão computacional, é possível encontrar câmeras capazes de realizar rastreio extremamente preciso de movimento, focalizando rostos ou formas humanas com eficiência. Ao detectar uma movimentação estranha, a câmera automaticamente ajusta sua posição para enquadrar possíveis invasores, aumentando o zoom de maneira autônoma buscando o foco perfeito. Além disso, há câmeras capazes de operar em escuridão total, com sensores infravermelhos ou lentes sensíveis à radiação térmica.

Visando uma redução no custo de câmeras com lentes especiais, tem se popularizado câmeras de lentes comuns equipadas com microfone. Sensíveis a barulhos, as câmeras são capazes de acender as luzes do local ao detectar perturbações sonoras, o que permite a melhor captação as imagens em possíveis situações de risco.

Teste bem sucedido de acionamento da câmera provocado por ruído externo

Os avanços não param por aí, já está disponível um tipo de câmera capaz além de detectar pessoas, reconhecer e rastrear a posição dos objetos do local. Com o sistema de segurança ligado, um deslocamento numa caixa, por exemplo, acionaria um alarme e mandaria uma mensagem SMS ao proprietário.

Vale a pena?

Quanto custa instalação de sistemas de segurança afinal.

Como citado anteriormente, o uso de sistemas inteligentes voltados para a segurança é extremamente útil em residências e pequenas empresas, mostrando-se uma alternativa de custo reduzido em relação ao monitoramento tradicional de depende de um operador. Além disso, mesmo em locais que já contam com um operador, sistemas autônomos são capazes de aumentar a margem de segurança, facilitando o trabalho do profissional que se preocuparia apenas no ajuste da aparelhagem e em tomar as medidas cabíveis nos casos de invasão.

Acompanhe nossos outros artigos sobre Casas Inteligentes:

Sistemas de Segurança Inteligentes: Tranquilidade em Tempo Real
5 - 1 Vote

Comentários

comentários

Sobre o autor | Website

O Saber Elétrica é um canal educativo e informativo que vem com objetivo de compartilhar um conteúdo dinâmico e didático sobre o mercado de trabalho voltado a setor da energia e eletricidade com foco nos setores da eletreletrônica e da eletrotécnica.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.