Entendendo o Projeto Elétrico Passo a Passo: Diagrama do Quadro de Distribuição

Depois de entender o diagrama elétrico mostrado em nosso artigo anterior, já sabemos como se distribuem os condutores elétricos pela residência, respeitando as determinações do projetista. No entanto, é importante também ter atenção aos detalhes do quadro de distribuição que possui seu próprio diagrama.

Nesse quadro estão instalados todos os dispositivos de proteção, separados para proteger cada grupo de condutores, ou seja, cada circuito conforme numerado no projeto.

a importância no projeto elétrica na montagem do Projeto Elétrico do Quadro de Distribuição

Cada circuito da casa, (Ex: Iluminação 1, TUG 1, Chuveiro, etc.) tem seu próprio dispositivo de proteção. Assim, caso ocorra alguma irregularidade, apenas uma parte da fiação será desligada.

Dispositivos de proteção

Numa instalação elétrica, a proteção é essencial para evitar acidentes como incêndios ou choques elétricos. Confira abaixo os dispositivos mais comuns para proteção dos circuitos numa instalação residencial.

IDR – Interruptor Diferencial Residual

 Esse tipo de dispositivo serve principalmente para evitar choques elétricos ou o desgaste de equipamentos pela corrente de fuga. Ele funciona com um sensor que detecta a fuga da corrente, e “desarma”, ou seja, interrompe o circuito em que está ligado nas situações em que essa corrente ultrapassa seu valor nominal.

Uma corrente de fuga ocorre quando uma parte da corrente que entra no circuito se perde em sua trajetória, podendo ser desviada graças a um choque elétrico ou por falta de isolação.

Numa residência, em geral utiliza-se IDR com sensibilidade de 30mA, recomendada para proteger contra choques elétricos. IDR’s com sensibilidade superior a essa são usados para proteger o patrimônio, úteis em indústrias. É importante destacar que esse dispositivo não detecta curto-circuitos, sendo necessário um disjuntor para complementar a segurança.

Interruptor Diferencial Residual quadripolar Interruptor Diferencial Residual quadripolar (3 Fases + Neutro). Possui a chave azulpara ativação do dispositivo e um botão branco para testar seu funcionamento 

  • DTM – Disjuntor Termo Magnético

Como o nome sugere, esse dispositivo monitora a temperatura do condutor em que está ligado, e caso ultrapasse seu valor nominal, ele interrompe o circuito no qual está instalado. É usado na proteção contra curto-circuito, pois caso ocorra contato entre uma fase e um neutro ou entre fases, a corrente que flui nos condutores é muito alta e passa a aquecer a fiação. A ausência de disjuntores, nesse caso, pode levar de danos à instalação elétrica até incêndios domésticos.

Disjuntores Termomagnéticos

Disjuntores Termomagnéticos do tipo unipolar, bipolar e tripolar

Diagrama do Quadro de Distribuição

O quadro de distribuição é a origem de todos os circuitos que passam pela residência, ele recebe a fiação do padrão de entrada que vem da rua e distribui os condutores de cada circuito, devidamente protegidos por DTM e IDR.

Usando o IDR e DTM

Exemplo ilustrativo de uma instalação residencial bifásica. Foram usados IDR e DTM em todos os circuitos

Levando em conta que um IDR chega a custar centenas de reais, a norma NBR 5410 permite usar um único dispositivo como proteção geral contra fuga de corrente, atuando diretamente nos condutores fase e no neutro da entrada, reduzindo assim o custo da instalação.

O projeto, no entanto, deve ser bem executado, pois falhas na isolação podem levar a desarmar esse dispositivo, desligando toda a instalação elétrica desnecessariamente, o que pode ser um transtorno para o consumidor.

Fazendo a instalação do DR

Instalação utilizando um único dispositivo IDR

Veja abaixo o diagrama do quadro de força de um projeto elétrico residencial.

Finalizando o diagrama do quadro de distribuição

Diagrama do Quadro de Distribuição de uma residência com padrão de entrada bifásico e um único IDR para proteção contra choques.

  • No diagrama, representam-se todos os diâmetros da fiação, e as especificações de corrente para cada disjuntor dos circuitos.
  • São previstos ainda espaços para circuitos adicionais.
  • Note que os disjuntores marcados com uma barra correspondem aos monopolares, protegendo cada fase. Os disjuntores com duas barras são bipolares e protegem duas fases. O IDR foi marcado como tripolar, e protege as duas fases e o neutro.

Conclusões

Aprendemos a interpretar de forma prática os diagramas do quadro de distribuição, levando em conta os dispositivos de proteção IDR e DTM. Acompanhe também nosso artigo Entendendo o Projeto de Instalações Elétricas Residenciais Passo a Passo para mais informações sobre o Projeto Elétrico Residencial.

Entendendo o Projeto Elétrico Passo a Passo: Diagrama do Quadro de Distribuição
4 (80%) 2 votes

Comentários

comentários

8 Comments

Deixe um comentário