Saiba Como Funciona Cerca Elétrica e Concertina

Cerca eletrificada ou cerca elétrica é um assunto que sempre gera algumas polemicas, se o choque mata ou não, qual a função de cada item do conjunto, como funciona o equipamento, enfim, algumas interrogações que sempre surgem e são debates no meio profissional e também com maior volume entre os leigos.

Bom, decidimos então de um modo sucinto colocar me um artigo o conteúdo exato, na medida sobre cerca elétrica, vamos abordar aqui algumas pinceladas sobre o funcionamento desse equipamento para que você acerte na hora de instalar e orientar seu cliente.

Modelos de cerca elétrica

Antes de sairmos falando sobre funcionamentos e instalações vamos verificar os tipos de cercas elétricas que compõem esse ramo que pode ser da segurança patrimonial ou confinamento de gado.

Confira o funcionamento da cerca elétrica e concertina

Vale lembrar que a cerca elétrica foi desenvolvida e coloca em pratica entre 1936 – 1937 que construiu o equipamento a partir do sistema de ignição do automóvel e a criação deu-se pelo fato que o neozelandês Gallagher queria impedir que seu cavalo arranha-se o carro.

As cercas elétricas possuem apenas duas variações de modelos, porem cada fabricante desenvolve os equipamentos de acordo com os projetos próprios, vamos entender cada modelo:

  • Cerca elétrica convencional: São as cercas mais comuns, são construídas por fios de inox formando quatro circuitos instalados paralelamente e sua união é feita com hastes verticais através dos batentes isoladores;
  • Cerca elétrica tipo concertina: São os modelos mais encontrados em muros de industrias, comércios e em algumas casas, são aquelas cercas em forma de espiral com lâminas de aço perfurante e cortante, esse arame farpado ainda é energizado também com alta tensão, nesse tipo de modelo ainda existem 3 variações:
    • Simples: somente uma espiral;
    • Dupla clipada: com espiras entrelaçadas ou até mesmo travadas uma na outra;
    • Flat: cercas que são paralelas ao muro.

Componentes da cerca elétrica e funcionamento

Cerca eletrificada instalada

Toda cerca elétrica consiste do sistema da cerca feito seja por concertina ou convencional e toda a cerca é controlada pela central eletrificadora, desse modo a central eletrificadora atua mandando pulsos de aproximadamente 8kv a cada 1,2 segundos.

Para aqueles que acham que a cerca elétrica mata podem parar de pensar assim, apesar de sua alta tensão a amperagem desse sistema é muito baixa, desse modo quando uma pessoa tenta ultrapassar a cerca ela é arremessada para longe dos fios, isso devido a corrente ser baixa, ao contrário se uma pessoa pegar por exemplo uma das fases da sua residência, os músculos irão contrair e a pessoa ficará grudada naquele condutor até que o circuito seja interrompido.

Dessa forma, quando um circuito da cerca elétrica é interrompido em poucos milésimos de segundo a sirene do alarme é acionado e com isso você pode ter algumas variações na instalação, no qual poderá enviar sinais para alguma central de segurança patrimonial, ou até mesmo sinal para seu celular.

Vamos então agora entender cada componente da cerca elétrica:

  • Central eletrificadora: Aparelho responsável por emitir pulsos de tensão e alimentar os condutores da cerca, emitindo pulso que podem variar de 8kv – 12kv em um intervalo de 1,2s;
  • Controle remoto: Ativa e desativa a cerca elétrica a distância, sem precisar ir até a central;
  • Repuxo automático: esse repuxo mantém a cerca sempre esticada mesmo se atingida por bola ou então aves de grande porte;
  • Sirene: Componente que emite sinal sonoro quando o circuito é interrompido;
  • Bateria selada: Componente que mantem o todo circuito funcionando em caso de falta de energia elétrica;
  • Isoladores: Componentes responsáveis por isolar os fios eletrificados com alta tensão de muros, portões, etc.;
  • Haste de alumínio: essas hastes são fabricadas em alumínio e possuem diversos tamanhos com possibilidade de inserir 4, 6 ou 10 isoladores;
  • Condutor: são sempre de aço inox e formam todo circuito, é utilizado condutores nesse material pelo fato de ter maior resistência a oxidação e difícil ruptura;
  • Placa de advertência: componente de uso obrigatório nas cercas para sinalizar que o perímetro é protegido;
  • Cabo de alta isolação: Condutor utilizado para fazer a ligação do circuito formado pelos condutores de inox até a central eletrificadora.

Vale lembrar que quando o circuito não é interrompido o pulso emitido retorna para central eletrificadora da cerca elétrica e o ciclo continua até que seja rompido. Caso o valor que retorne para a central for menor do que a emitida o sistema dispara um relé que pode acionar a sirene e avisar que existe anomalia no circuito.

Avalie esta Página

Comentários

comentários

Deixe um comentário