Scroll Top

Cadastre seu e-mail e receba atualizações gratuita sobre elétrica

Iluminação Automatizada de Baixo Custo: Minuteria, Sensor de Presença e Relé Fotoelétrico

Não é raro nos depararmos com a necessidade de automatizar o processo de acendimento e desligamento de lâmpadas, em especial para áreas externas ou em escadarias, onde colocar vários interruptores nem sempre é uma solução interessante. Trataremos nesse artigo alguns métodos simples para automatizar o acionamento de lâmpadas, através de dispositivos de custo relativamente baixo como a minuteria, o sensor de presença e relés fotoelétricos.

A iluminação externa é um detalhe importante tanto em residências quanto em prédios comerciais, pode ser automatizada usando métodos bastante simples

 Minuteria

Trata-se de um dispositivo elétrico similar a um interruptor, capaz de manter um conjunto de lâmpadas acesas por um determinado período de tempo (em geral um minuto, daí o nome minuteria) apagando assim que se esgota esse tempo. Podem ser do tipo eletrônica ou eletromecânica, com a opção de vir equipada ainda com um sensor de presença, deixando opcional o uso da tecla pulsadora.

Minuteria eletrônica embutida de tecla pulsadora

Minuteria eletrônica embutida de tecla pulsadora (à esquerda) e minuteria eletrônica ajustável (à direita)

 Minuterias ajustáveis dependem também da ligação de uma tecla pulsadora externa. Tem como vantagem o ajuste do tempo de acionamento, usando o seletor azul como o exemplo acima para selecionar entre 30s e 20min de acionamento da lâmpada. Podem também comutar entre a função minuteria e interruptor comum.

As minuterias mais simples e baratas normalmente contam com apenas dois tipos de ajuste, como por exemplo 60 segundos inicialmente, que podem se tornar 5 minutos cortando um dos fios do circuito interno, conforme as instruções do fabricante. Os tipos de instalação são variados, fique atento e leia o manual de instruções do dispositivo escolhido para evitar erros na execução do projeto.

 Sensor de Presença

Nada mais é do que um sensor infravermelho, capaz de detectar o calor do corpo humano em movimento, mandando um sinal elétrico que aciona o acendimento das lâmpadas. Há também a tecnologia ultrassônica, em que o aparelho emite ondas de ultrassom e verifica o movimento dos corpos medindo o retorno dessas ondas ao dispositivo.

uma alternativa barata para controle de iluminação.

Sensor infravermelho para detecção de movimento é uma alternativa barata para controle de iluminação.

Tanto a minuteria quanto o sensor de presença são úteis em ambientes onde não se usa a iluminação por muito tempo, como escadarias e corredores longos. Instalar vários interruptores ao longo desse tipo de aposento as vezes não compensa, visto que interruptores intermediários serão raramente utilizados. Além disso, a pressa do dia-a-dia pode levar a esquecer essas luzes acesas, e o uso de dispositivos temporizadores ajuda também na economia de energia.

sensores de movimento para automatizar a iluminação de corredores e escadas

Escadarias e corredores são bons lugares para instalar temporizadores (minuteria) e sensores de movimento para automatizar a iluminação

 Relé Fotoelétrico

Trata-se de um dispositivo sensível à luminosidade ambiente, feito para acender lâmpadas conectadas à ele quando houver pouca luminosidade. Desse modo, é possível fazer iluminação automática apenas no período da noite.

acendendo lâmpadas automaticamente com a fotocélula

Relé fotoelétrico, acende lâmpadas automaticamente quando detecta falta de luminosidade

O relé fotoelétrico é interessante para acionar lâmpadas decorativas de áreas externas, como as que ficam em volta de piscinas ou dão destaque para plantas e outros detalhes de um jardim, fazendo com que não precisem de acionamento humano e trabalhem apenas à noite. É a mesma tecnologia empregada na iluminação pública das ruas, que acende os postes imediatamente quando detecta falta de luminosidade.

iluminação da área externa

Piscinas e áreas externas podem ter sua iluminação facilmente automatizada usando relé fotoelétrico

Caso o cliente queira, é interessante instalar também um interruptor associado ao dispositivo para dar a opção de impedir o funcionamento do relé fotoelétrico sem mexer no disjuntor da caixa de força.

 Conclusão

Quando se refere ao acionamento da iluminação da residência, a automação pode ser bastante simples utilizando componentes relativamente baratos como os citados nesse artigo. Um relé fotoelétrico, por exemplo, custa em torno de R$ 20,00 enquanto minuterias simples e sensores de presença ficam por volta dos R$ 30,00 dependendo da carga que suportam.

Para evitar sobrecargas, é essencial fazer o cálculo da potência total das lâmpadas que serão controladas por esses dispositivos, usando a fórmula da potência elétrica.

        P = U .  I (Potência = Tensão x Corrente)

Por exemplo, caso estejamos trabalhando com uma rede de 127 V e seja usada uma minuteria cuja embalagem discrimina 5 A como corrente de trabalho, poderemos alimentar, sem sobrecarga, 635 W de potência em lâmpadas. Isso equivale a cerca de 10 lâmpadas de 60 W.

Trata-se de uma solução simples e bastante interessante para um nível básico de automação da iluminação de diversas áreas de um prédio ou residência.

Iluminação Automatizada de Baixo Custo: Minuteria, Sensor de Presença e Relé Fotoelétrico
5 (100%) 1 vote

Comentários

comentários

Sobre o autor | Website

Saber Elétrica - trata-se de um web site totalmente totalmente voltado ao mercado da elétrica e eletrônica em geral. Visando reunir e trazer para você leitor mais informação e dicas sobre o assunto. Um projeto idealizado e administrado por Luiz Jacques.

Cadastre e Receba Conteúdo Gratuito Sobre Elétrica

Cadastre seu e-mail e receba atualizações gratuita sobre elétrica

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe um comentário

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.